Cirurgia Plástica Palpebral

A modificação das pálpebras e a conseqüente alteração do olhar é muito percebido com o envelhecimento natural do ser humano. Hoje, independente do sexo ou de idade, já existem várias alternativas para recuperar a jovialidade da região ocular.

O QUE É BLEFAROPLASTIA?

A bleforaplastia é o termo usado para a cirurgia da pálpebra, seja ela com finalidade estética ou não. Consiste na remoção dos tecidos palpebrais que se encontram em excesso como pele, bolsas de gordura e músculo orbicular. A blefaroplastia é um dos procedimentos cirúrgicos mais realizados no mundo atualmente pois os resultados são muito gratificantes. Nas pessoas mais idosas o excesso de pele pode provocar uma diminuição do campo visual superior e sensação de “peso” ou cansaço nos olhos. A blefaroplastia melhora consideravelmente essas sensações de desconforto.

COMO É REALIZADA?

É um procedimento ambulatorial, realizado com anestesia local e sedação leve. O paciente pode ir para casa sem curativo, apenas com compressas frias sobre os olhos. Geralmente não há dor no período pós-operatório.

HÁ CICATRIZ VISÍVEL?

Na pálpebra superior, a cicatriz fica “escondida” no sulco palpebral e tende a desaparecer com o passar do tempo.
Na pálpebra inferior, ela é subsciliar e também tende a desaparecer completamente.
Em alguns casos, onde há predomínio das bolsas de gordura, utilizamos a técnica transconjuntival, onde não há nenhum tipo de sutura e não há cicatriz de pele.
É importante salientar, que a blefaroplastia sendo realizada com todo o cuidado e respeitando o funcionamento das pálpebras, não muda a fisionomia da pessoa, apenas suaviza a expressão e rejuvenesce.
Outros procedimentos (não cirúrgicos) podem ser empregados além da blefaroplastia.

×
Olá, quero marcar uma consulta!