Má Higienização das Lentes de Contato é Fator Determinante para Cegueira de Estudante Tailandesa 15/07/2014

poisoned-eyes
Uma matéria publicada pelo periódico inglês Daily Mail, em 10 de julho, contou a história da jovem Lian Kao, de 23 anos, usuária de lentes de contato descartáveis e que acabou tendo parte dos seus globos oculares devorados por uma ameba. A nota informa, também, que a jovem não realizava a periódica limpeza de suas lentes e com isso permitiu que um protozoário se desenvolvesse no espaço entre elas e os olhos da moça.
De acordo com o periódico, Lian Kao ficou por pelo menos seis meses utilizando a lente de contato sem a devida limpeza, inclusive para a prática da natação. Foi este o cenário perfeito para que a ameba Acanthamoeba Keratitis encontrasse um ambiente com pouca oxigenação e temperatura ambiente, propício para o seu desenvolvimento. Pior, encontrando alimento em parte dos olhos da tailandesa.
O diretor de oftalmologia do Wan Fang Hospital, em Taipei, Wu Jian-Liang, que atendeu a jovem, reforça que os usuários de lentes de contato fazem parte de um grupo de alto risco, que pode ser facilmente exposto a doenças oculares. “A falta de oxigênio pode destruir a superfície do tecido epitelial, criando pequenas feridas, as quais as bactérias podem facilmente infectar e se estender para o resto do olho. Essa menina deveria ter jogado as lentes de contato fora após um mês de uso, mas, em vez disso, ela as usou demasiadamente e agora está com suas córneas permanentemente danificadas”, afirma Jiang-Liang.

O oftalmologista afirma ainda que expos o caso para alertar os demais usuários de lentes de contato sobre o risco do uso irregular dos assessórios que precisam ser higienizados regularmente e descartados seguindo sua data de validade.
Clique aqui e confira matéria na íntegra.

Atenção: a higienização das lentes de contato é fundamental para a sua saúde ocular!

Com o alto valor investido em pesquisa anualmente, a tecnologia para a correção visual por meio de lentes de contato (LC) vem se aperfeiçoando com rapidez e o seu uso caiu rapidamente nas graças da população, principalmente pelo conforto que as lentes oferecem e a possibilidade de intercalá-las com os óculos convencionais.
É preciso reforçar aos usuários sobre a limpeza das LC, o respeito ao seu prazo de validade e de descarte das lentes gelatinosas. Os cuidados com a higiene do estojo também são fundamentais para manter a conservação das LC e a saúde dos olhos. Como a lente fica exposta diretamente ao ambiente, é bastante comum a concentração de muco e demais secreções, o acúmulo de cosméticos diversos (maquiagens) ou corpos estranhos, que podem causar lesão de córnea, infecções, a redução do conforto com as lentes e, com isso, influenciar na continuidade de seu uso. Em ocasiões extremas pode levar até a cegueira, portanto, o Conselho Brasileiro de Oftalmologia preconiza para que os usuários sigam religiosamente as dicas de limpeza abaixo:
1- É fundamental realizar a limpeza assim que as lentes são retiradas;
2- Procure criar uma rotina, como escovar os dentes, por exemplo, para realizar a limpeza todos os dias, sem exceção;
3- Produtos de limpeza para lentes gelatinosas podem ser utilizados em lentes rígidas, mas nunca o contrário;
4- Lave sempre bem as mãos. Secar bem e tomar cuidado com os possíveis fiapos que possam restar deste ato de limpeza;
5- Cuidado com as unhas, principalmente para não danificar as lentes;
6- Examine sempre as bordas das LC antes de coloca-las para verificar se não há rasgos nas bordas.
Limpeza das lentes de contato gelatinosas com solução multipropósito:
Com as mãos devidamente lavadas e secas, retire a lente de contato e a posicione na palma de sua mão. Após isso, aplique duas ou três gotas do produto de limpeza (existem diversos no mercado, com os preços entre R$ 43,00 a R$ 55,00, em São Paulo-SP) escolhido e friccionar levemente com o indicador por 20 segundos. Enxágue com o produto e coloque a lente no estojo com a solução por até seis horas. Não reutilizar o produto em nova limpeza.

Lentes_ctto

Limpeza das lentes de contato rígidas com solução multipropósito:

Com as mãos lavadas e secas, retire a lente de contato dos olhos, posicione na palma da sua mão e aplique o produto de limpeza (existem diversos disponíveis no mercado, com preços entre R$ 25,00 a R$ 60,00, em São Paulo-SP) escolhido e friccionar levemente com o indicador por 20 segundos. Enxágue com o produto e coloque a lente no estojo com a solução.
Para os usuários alérgicos aos produtos multipropósitos, aconselha-se o enxágue com soro fisiológico antes de colocar as LC nos olhos. Importante: Adquirir flaconetes (veja imagem acima) de soro fisiológico e descartá-lo após o uso.

Flaconete

Limpeza do Estojo

Pelo menos uma vez por semana, utilizar uma escova de dente infantil e aproveitar o próprio produto de limpeza para realizar a escovação do dispositivo. Evite, nesta ação, a água da torneira e procure escovar até os pequenos cantinhos, as bordas e a rosca do estojo. Troque de estojo após seis meses de uso.

Dicas importantes:

1- Ao guardar suas lentes rígidas, não as coloque de boca para baixo para não formar vácuo na LC, que pode facilitar a sua quebra na hora de retirar do estojo;

2- Não é recomendável a compra dos “estojos bonitinhos” para o armazenamento da lente. Por mais “fofos” que eles possam ser, é obrigatório encerrar o seu uso em até seis meses e descartá-lo. Procure os convencionais, pois você não vai ter apego nenhum com ele na hora de substituí-lo;

3- Respeite o prazo de validade das suas lentes de contato e nunca a ultrapasse. Sempre procure um oftalmologista. Qualquer dúvida, a Sociedade Brasileira de Lentes de Contato, Córnea e Refratometria (SOBLEC) reúne os principais especialistas em lentes de contato do Brasil.

Material Informativo

×
Olá, quero marcar uma consulta!