Herpes Zoster

O QUE É HERPES ZOSTER?

O Vírus Varicella zoster se manifesta no homem como a Varicella (catapora) na infecção primária. Após esta infecção o vírus se aloja no gânglio sensorial lá permanecendo na forma inativa. Mais tarde quando a imunidade celular do individuo diminui pela idade ou também em outras situações debilitantes, ocorre a reativação do vírus de uma forma localizada chamada de Herpes zoster e pode ocorrer em várias partes do corpo inclusive na face atingindo o olho.

QUAL É A CAUSA?

Quando atinge o olho pode causar problemas na córnea, nervo óptico, retina e sistema nervoso central levando à inflamações difíceis de tratar e as vezes com importante prejuízo da visão. O diagnóstico está baseado primariamente na história e nos achados clínicos, fotos1,2,3,4,5. E existem casos que a reativação do vírus ocorre sem manifestação cutânea causando confusão no diagnóstico clínico, para estas suspeitas é possível confirmação laboratorial da infecção viral.

O PACIENTE PERCEBE QUE SOFRE DE HERPES ZOSTER?

Observa-se atualmente um aumento importante da incidência de Herpes Zoster pelo aumento da sobrevida da população. Assim a possibilidade de complicações oculares são mais frequentes e podem repercutir na visão alterando a qualidade de vida dos indivíduos que permanecem com dor localizada e baixa acuidade visual depois de resolvidas as lesões de pele.

 

COMO SE DIAGNOSTICA O HERPES ZOSTER?

Recomenda-se para indivíduos depois dos cinquenta e com certeza depois dos sessenta anos a Vacina para o Herpes zoster que deve ser tomada por aqueles que tem certeza que tiveram a infecção primaria (catapora) anteriormente. Para aqueles que não sabem se tiveram Varicella anos antes pode-se fazer um exame sorológico para confirmação.

×
Olá, quero marcar uma consulta!