Injeções Intravítreas

Postado em

As injeções intravítreas são usadas para administrar medicamentos visando tratar uma variedade de condições da retina. Neste caso, o medicamento é aplicado diretamente na parte de trás do olho (cavidade vítrea), que é preenchido com um fluído gelatinoso chamado gel de humor vítreo.

Algumas doenças que podem ser tratadas com este tipo de injeção são: degeneração macular relacionada à idade, retinopatia diabética ou mesmo condições da retina causadas pelo crescimento de novos vasos sanguíneos. Como as injeções reduzem o inchaço na retina, podem preservar o máximo de visão possível, uma vez que grande parte dos pacientes acaba tendo perda de visão devido aos danos gerado na retina.

E por qual razão usar as injeções intravítreas? De forma simples podemos dizer que elas são uma opção mais eficaz para os medicamentos atingirem e tratarem o centro do olho quando comparamos com a administração por via oral ou injetável em uma veia. Além disso, com este método pode-se obter um nível mais alto de medicamento na retina, pois fornece altas concentrações de agentes terapêuticos no olho com esta aplicação direcionada.

Mas, não se assuste em receber uma injeção no olho. O oftalmologista fará uso de gotas anestésicas que evitam qualquer sensação desconfortável e, talvez, o paciente sinta apenas uma leve pressão nos olhos.

O CEOSP tem um corpo clínico experiente para diagnóstico e tratamento de problemas relacionados à saúde ocular. Agende uma consulta conosco!